Óleo Essencial de Bergamota: dicas de uso e curiosidades

Conteúdos do Post

Seu Nome Botânico é Citrus bergamia, a extração é por prensagem a frio das cascas do fruto. A Origem é de uma região do sul da Itália e seu cultivo ganhou destaque na cidade de Bérgamo.

Características e propriedades gerais:

Equilibrador de apetite, auxilia em casos de dependências e vícios. 

Cicatrizante e anti-inflamatório, eficiente para tratamento de psoríase. Imunoestimulante, ajuda a combater desequilíbrios de várias ordens, de leucorreia a cistite, de herpes a resfriado e gripe.

Para equilibrar a mente e as emoções:

Equilibrador emocional, reduz a ansiedade e depressão.

Promove otimismo e ânimo. Estimula coragem e confiança, eliminando medos em geral. Dissipa a raiva, ressentimento e ciúme. Antidepressivo e ansiolítico. Promove otimismo, poder pessoal, autoconfiança e autovalorização. Especial para momentos em que nos sentimos vulneráveis à opinião externa ou com medo de expor alguma opinião.

Precauções: É fotossensibilizante, não se exponha ao sol por até 12 horas após o uso tópico. Contraindicado para crianças com até 2 anos. 

No vídeo eu apresento algumas dicas de uso, curiosidades e mais informações sobre o óleo essencial de Bergamota.

Óleo Essencial de Bergamota: curiosidades e dicas de uso na psicoaromaterapia.

Compartilhe esse post!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram