Efeitos emocionais e vibracionais dos óleos essenciais

Conteúdos do Post

Frequência de vibração e os efeitos vibracionais dos óleos essenciais

Em um tratamento com os óleos essenciais (OEs) obtemos efeitos físicos (pela dinâmica bioquímica – componentes químicos presentes nos OEs), emocionais (por meio do sistema límbico estimulado através da inalação) e vibracionais (pela frequência de onda e campo sutil).

Na psicoaromaterapia usamos os óleos essenciais para acessar aspectos profundos do Ser. Paracelso já dizia que o óleo essencial contém a Alma da planta.

Lavabre (2018) reforça esse idéia quando diz que, enquanto as terapias analíticas exploram o inconsciente do lado da mente, o nariz e o sentido do olfato dão acesso à “caixa de Pandora”. Ou seja, o outro lado… o desconhecido, tornando a psicoterapia associada aos óleos essenciais um verdadeiro portão de acesso à alma.

Frequências e experimentos com óleos essenciais

Em 1920 Royal Raymond Rife criou um sistema gerador de frequências para tratamento de doenças. Ele mapeou as frequências de saude e dos diferentes órgãos do corpo e descobriu que cada microorganismo possui uma frequência específica e que quando se emite uma frequência. mais alta e adequada eles morrem. Além de descobrir que cada doença possui uma frequência ele também identificou que uma substância com alta frequência é capaz de eliminar qualquer doença em vibrações abaixo de 58MHz.

Em 1992, Bruce Tainio, da Tainio Technology, construiu um monitor de frequências capaz de medir a frequência de óleos essenciais, plantas, animais e do corpo humano. Com este aparelho ele apresentou a frequência vibratória em MHz de alguns óleos essenciais: Rosa  (Rosa damascena), Lavanda (Lavendula angustifolia), Mirra (Commiphora myrrha), Camomila azul/alemã (Matricaria recutita), Junípero (Juníperus osteosperma), Sândalo (Santalum album), Angélica (Angelica archangelica), Hortelã pimenta (Mentha peperita), Gábano (Ferula gummosa) e Manjericão (Ocimum basilicum). 

O resultado da avaliação de Taino demonstrou a frequência destes óleos essenciais entre 52 e 320 MHZ. Ele também identificou que a frequência média de um corpo humano saudável durante o dia varia de 62 a 71 MHZ.

Os efeitos emocionais e vibracionais dos óleos essenciais são matéria de estudo e prática que vem crescendo nos últimos anos, especialmente na psicoaromaterapia.

Toda espécie que contém massa (plantas, minérios, água, ar, gases, animais, corpo humano) emite uma radiação eletromagnética. (WOLFFENBÜTTEL, 2016 p. 196) 

Onda é uma transmissão de energia e frequência é uma grandeza que indica o número de vezes que a onda oscila em uma unidade de tempo. A radiação eletromagnética muitas vezes é descrita por sua frequência. (ARNT; MONTEIRO, 2019 p. 20-21).

O conceito de energia para a física quântica modifica-se em relação à física clássica. Na quântica, toda onda de energia carrega uma informação (a forma na qual a energia existe). A maneira que a energia se apresenta na sua vibração característica é entendida como campo de energia do universo como uma informação.  (ARNT; MONTEIRO, 2019 p. 20).

Existe um campo de informação que permeia o ser humano e carrega todas as informações que tem a ver com aquele ser especificamente. 

Em experimentos realizados pelo dr. Masaru Emoto  (Mensagens da água – 2004), a partir de fotografias microscópicas, ele demonstrou que os óleos essenciais são capazes de modificar a forma de cristalização da água após entrarem em contato com ela. 

Com o experimento, dr. Masaru Emoto observou que a formação cristalina da água após exposição aos óleos essenciais de Camomila e de Erva Doce, foi semelhante às suas respectivas flores.

Psicoaromaterapia como ferramenta terapêutica associada às terapias vibracionais

Como terapeuta integrativa, tenho buscado diferentes ferramentas terapêuticas para meu trabalho, como por exemplo, o uso dos óleos essenciais, da radiestesia e das terapias vibracionais quânticas. 

Acredito que a saúde e o bem estar das pessoas tem uma relação direta com o equilíbrio da frequência vibracional. 

Na prática da psicoaromaterapia, tenho vivenciado os efeitos emocionais e vibracionais dos óleos essenciais e relacionado diretamente com os estudos que venho fazendo sobre o tema. Cada família química ou cada óleo essencial apresenta características próprias que estimulam os sentidos físicos e energéticos de quem entra em contato com elas.

Minha intenção é compartilhar aqui neste espaço um pouco do que tenho aprendido e praticado.

E você, já sentiu os efeitos vibracionais dos óleos essenciais?

Fontes: 

ARNT, Rosangela; MONTEIRO F. Ricardo. Avaliação do biocampo com o uso do Holotester: radiestesia científica. Curitiba: Quantique, 2019. 66p.

EMOTO, massaru. As mensagens da água. ed. Isis. São Paulo, 2004.

LAVABRE, Marcel. Aromaterapia: a cura pelos óleos essenciais. trad. Cecilia Barbosa. Belo Horizonte: ed. Laszlo, 2018. 366p. 

WOLFFENBÜTTEL, Adriana Nunes. Base da química dos óleos essenciais e aromaterapia – abordagem técnica e cientifica. Belo Horizonte: ed. Laszlo, 2016.

Compartilhe esse post!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram